Problemas no membro superior de crianças com hemiparesia espática

EXTREMIDADE SUPERIOR CRIANÇAS COM HEMIPARESIA ESPÁSTICA


Sensibilidade: A extremidade superior na PC espástica apresenta uma diminuição da sensibilidade táctil em metade dos pacientes.

Movimento e postura: No que diz respeito à musculatura, enquanto uns músculos são espásticos (tensos), outros são débeis pelo que se produz uma postura típica na extremidade superior destes pacientes (Figura 6, Tabela 1) e os pacientes apresentam dificuldades em certos movimentos.
 

fig.6 parálisis cerebral
Figura 6. Paciente com hemiparesia espastica esquerda. Impossibilidade para estender o cotovelo.


Os problemas motores das crianças com hemiparesia espástica resumem-se em:

  • Posição “não natural” da extremidade com menor equilíbrio articular (arco de movimento das articulações)
  • Pior função da mão (aquisição e manipulação de objectos)
  • “Agravamento” do aspecto estético

O Dr. Francisco Soldado é especialista em problemas nas extremidades superiores das crianças e na reconstrução com técnicas microcirúrgicas das extremidades das crianças.

Em seus esforços para aperfeiçoar estratégias e técnicas de tratamento, ele colaborou com vários centros de referência em todo o mundo.

CONSULTAS MÉDICAS

Vall d'Hebron Hospital Campus
Passeig de la Vall d'Hebron, 119-129
08035 Barcelona

Hospital de Nens
Carrer Consell de Cent, 437
08009 Barcelona

Unidad de Cirugía Artroscópica
C/ Beato Tomás de Zumárraga 10 Hospital Vithas San José, 4ª Planta
01008 Vitoria-Gasteiz

Centro Médico Teknon
Carrer de Vilana, 12
08022 Barcelona