Fracturas da mão da criança

FRATURAS DA MÃO


Fracturas do metacárpico e falanges

Nestas fracturas, o mais importante é comprovar que não há uma má rotação do dedo devido à fractura (ao fechar os dedos, o dedo afectado cursar-se-ia sobre os outros e dificultaria a função da mão) (Fig. 23A). Se não há má rotação, o tratamento é ortopédico imobilizando mediante uma tala (fig. 23B). Se há má rotação é preferível fazer uma redução fechada e fixação com agulha de kirschner ou parafuso (fig. 23C).

fracturas-mano-niño-malrotación
Figura 23A
. Fractura com má rotação dos dedos. Requere redução e fixação cirúrgica

 

Algumas fracturas requerem uma menção especial:

Fracturas subcapitais da primeira falange

São fracturas da metáfise distal. Mais frequentes no mindinho. Requerem uma redução precisa porque podem limitar o fecho do dedo pelo choque entre a base da segunda falange e a primeira falange (Fig. 24). Sobretudo é importante no quinto e quarto dedos porque tem mais função de preensão e requerem mais mobilidade em flexão.


Em fracturas que já se uniram e limitam a flexão do dedo podemos fazer uma cirurgia (osteoplastia) para facilitar o fecho do dedo (Fig 25).
 

fracturas-mano-subcapital-falange
Figura 24
. Fractura subcapital da primeira falange. A saliência óssea da
fractura limitará a flexão do dedo e requere redução.
 

fractura-mano-osteoplastia
Figura 25
. La fractura subcapital uniu em posición inadequada por lo que foi necessário hacer una osteoplastia.


Fracturas da base da primeira falange do mindinho

Tipicamente, o mindinho é desviado para fora. Reduz-se mediante da manobra do lápis, que se coloca entre os dedos e serve de fulcro (Fig. 26).
 

fractura-mano-primera-falange
Figura 26
. Fractura típica de la base de la primeira falange com desvio do dedo mindinho para fora.
 

Dedo en martelo (Fig 27)

Produz-se uma deformidade do dedo com queda da falange distal por lesão do tendão extensor terminal ou um arrancamento ósseo na base da terceira falange.



O dedo em martelo tendinoso trata-se habitualmente com uma tala durante 8 semanas. No dedo em martelo com fractura actualmente também se recomenda tratamento ortopédico.
 

fractura-mano-dedo-martillo
Figura 27
. Dedo em martelo por lesão tendinosa


O Dr. Francisco Soldado é especialista em problemas nas extremidades superiores das crianças e na reconstrução com técnicas microcirúrgicas das extremidades das crianças.

Em seus esforços para aperfeiçoar estratégias e técnicas de tratamento, ele colaborou com vários centros de referência em todo o mundo.

CONSULTAS MÉDICAS

Vall d'Hebron Hospital Campus
Passeig de la Vall d'Hebron, 119-129
08035 Barcelona

Hospital de Nens
Carrer Consell de Cent, 437
08009 Barcelona

Unidad de Cirugía Artroscópica
C/ Beato Tomás de Zumárraga 10 Hospital Vithas San José, 4ª Planta
01008 Vitoria-Gasteiz

Centro Médico Teknon
Carrer de Vilana, 12
08022 Barcelona